Diferenças entre DESIGN E DESIGNER.

O que faz um Designer de Interiores?

Quais as vantagens de contratar esse profissional?

A palavra DESIGN em português origina-se do inglês “design”, que significa desenho, projeto, ou planificação. Sua origem vem do latim “designare”, que significava designar, diagramar, ação de projetar, portanto o Design é uma forma de alinhar e designar formas. Abaixo explicamos qual a diferença entre DESIGN E DESIGNER:

DESIGN é a atividade relacionada à criação de objetos, produtos, obras gráficas ou ambientes com padrões estéticos, técnicos e funcionais.

DESIGNER é o profissional habilitado a exercer atividades relacionadas ao Design.

É ele quem cria e projeta algum produto ou ambiente seguindo as normas e padrões que a profissão exige, como por exemplo, os designers gráficos, designers de interiores, de produtos, de jóias e de moda. Não podemos confundir quem trabalha com sobrancelhas, unhas, cabelos ou bolos e chamá-los de “designers”, pois tais profissões não se enquadram na categoria da profissão e não exercem função projetual.

Mas…o que faz um Designer de interiores?

O Designer de interiores, além do trabalho da decoração que vem ao final do projeto, esse profissional tem a função de elaborar o espaço coerentemente, seguindo normas técnicas de conceito, estética, ergonomia, conforto acústico, térmico e de luminotécnica, ademais de ser um profissional capaz de captar as reais necessidades dos clientes e concretizá-las através de projetos técnicos e específicos.

A reconstrução do espaço através da releitura do layout, da ampliação ou redução de espaços, dos efeitos técnico-decorativos, aplicações de tendências e novidades, o desenvolvimento de peças exclusivas, etc. são funções de um Designer, ou seja, se define em ambientes internos. O designer deve ser um profissional regulamentado por lei, habilitado e credenciado na ABD (Associação Brasileira de Designers de Interiores) para atuar em projetos de interiores, de forma a atender melhor as necessidades do cliente e para complementar o acabamento interno de uma edificação já construída por um arquiteto ou engenheiro. A legislação que ampara e regulamenta a atividade dos Designers de interiores é regida pela Lei nº 13.369/2016:

Compete ao designer de interiores e ambientes:

Estudar, planejar e projetar ambientes internos existentes ou pré-configurados conforme os objetivos e as necessidades do cliente ou usuário, planejando e projetando o uso e a ocupação dos espaços de modo a otimizar o conforto, a estética, a saúde e a segurança de acordo com as normas técnicas de acessibilidade, de ergonomia e de conforto luminoso, térmico e acústico devidamente homologadas pelos órgãos competente

Elaborar plantas, cortes, elevações, perspectivas e detalhamento de elementos não estruturais de espaços ou ambientes internos e ambientes externos contíguos aos interiores, desde que na especificidade do projeto de interiores;

Planejar ambientes internos, permanentes ou não, inclusive especificando equipamento mobiliário, acessórios e materiais e providenciando orçamentos e instruções de instalação, respeitados os projetos elaborados e o direito autoral dos responsáveis técnicos habilitados;

Compatibilizar os seus projetos com as exigências legais e regulamentares relacionadas à segurança contra incêndio, saúde e meio ambiente; Selecionar e especificar cores, revestimentos e acabamentos; Criar, desenhar e detalhar móveis e outros elementos de decoração e ambientação;

Assessorar nas compras e na contratação de pessoal, podendo responsabilizar-se diretamente por tais funções, inclusive no gerenciamento das obras afetas ao projeto de interiores e na fiscalização de cronogramas e fluxos de caixa, mediante prévio ajuste com o usuário dos serviços, assegurando a este o pleno direito à prestação de contas e a intervir para garantir a sua vontade;

Propor interferências em espaços existentes ou pré-configurados, internos e externos contíguos aos interiores, desde que na especificidade do projeto de interiores, mediante aprovação e execução por profissional habilitado na forma da lei;

Propor interferências em espaços existentes ou pré-configurados, internos e externos contíguos aos interiores, desde que na especificidade do projeto de interiores, mediante aprovação e execução por profissional habilitado na forma da lei;

Prestar consultoria técnica em design de interiores.

 

Kassy Mendes (Kassandra Mendes Rivera Guerrero)
Designer de Interiores – ABD n° 28913

kassymendes@hotmail.com / kassy.carpediem@gmail.com

(43) 91680112 WhatsApp
1508999669898_Carpe